Corredor atingido por árvore em SP tem morte cerebral

O maratonista Ricardo Dutra Nicássio, que foi atingido por uma árvore de grande porte no domingo, teve morte cerebral confirmada hoje, segundo informações do Hospital das Clínicas, onde o paciente estava internado. Na ocasião, o atleta amador e seu professor corriam quando foram atingidos por uma árvore na Avenida Brasil, próximo do cruzamento com a Avenida Rebouças, na zona sul de São Paulo.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

18 de março de 2010 | 09h46

Ricardo, de 28 anos, sofreu uma hemorragia craniana e precisou passar por cirurgia. O professor Jorge Arrueira Campos, de 53 anos, teve apenas ferimentos leves. Chuvas e fortes ventos no dia do acidente derrubaram quase cem árvores na capital paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvaSPárvoremortecorredor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.