Coty retira oferta de US$10,7 bi para comprar Avon

A empresa de cosméticos Coty retirou sua oferta de 10,7 bilhões de dólares para aquisição da Avon no final da segunda-feira, afirmando que a maior companhia de venda direta de cosméticos do mundo não cumpriu o prazo para iniciar discussão sobre um acordo proposto em março.

REUTERS

15 Maio 2012 | 08h06

O anúncio fazia as ações da Avon despencarem 13 por cento antes da abertura dos mercados nesta terça-feira.

Na semana passada, a Coty havia elevado sua oferta não solicitada, que tinha o apoio financeiro de grupos como a Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett, para 24,75 dólares por ação. Anteriormente, a oferta era de 23,25 dólares. A Avon tinha até segunda-feira para responder ao aumento da proposta.

Mais conteúdo sobre:
CONSUMO COTY AVON*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.