CPI quer que Denise Abreu explique denúncia de Pereira

A CPI do Apagão Aéreo do Senado convocou a diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Denise Abreu, para que ela dê explicações sobre as acusações de que teria a intenção de favorecer um amigo, Carlos Ernesto Campos, em tentativa de transferir para o aeroporto de Ribeirão Preto o setor de carga dos terminais de Congonhas e Viracopos. O depoimento está marcado para a próxima quinta-feira, segundo a Agência Senado. As acusações foram feitas pelo ex-presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), brigadeiro José Carlos Pereira, em entrevista ao jornal "O Globo".Pereira deverá ser ouvido na mesma sessão sobre as denúncias, juntamente com o atual presidente da estatal, Sérgio Gaudenzi. Hoje, a defesa da diretora da Anac entrou com ação para interpelar judicialmente o brigadeiro sobre as acusações. A medida está prevista na Lei de Imprensa. Caso considere que o brigadeiro não se explicou a contento, a diretora da Anac afirma que irá processá-lo por calúnia.

EQUIPE AE, Agencia Estado

10 de agosto de 2007 | 21h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.