Cratera aumenta e Prefeitura interdita duas casas em SP

O rompimento de galeria pluvial em Pirituba, na zona norte da capital paulista, fez surgir uma cratera na Rua Willis Roberto Banks. O problema foi agravado após a chuva no fim de semana e agora ameaça duas casas, interditadas nesta segunda-feira pela Prefeitura. Não há prazo para o fim dos reparos, o que revoltou moradores.

BRUNO RIBEIRO, Agência Estado

15 de janeiro de 2013 | 10h26

A cratera começou com um buraco de 1,5 metro de largura na quinta-feira (10), segundo o técnico de plásticos André Aparecido Silva, de 37 anos, morador de uma das casas ameaçadas. A família dele e a da técnica de Enfermagem Arlete Aparecida Silva, de 40 anos, da outra casa interditada, dizem que vão continuar no local. A Prefeitura disse que os reparos começaram sábado e foram retomados nesta segunda. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Mais conteúdo sobre:
chuvaSPcratera

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.