Cresce procura por Engenharia na Fuvest

Começa hoje às 13 horas o vestibular da Fuvest 2009, com 138.242 inscritos. Apesar de o exame registrar o menor número de candidatos da última década, a procura pelos cursos de Engenharia aumentou: o volume de inscrições cresceu em 9 das 12 carreiras para engenheiros. Segundo especialistas, a demanda por profissionais da área, impulsionada pelo crescimento econômico dos últimos anos, explica o interesse dos jovens. ?Com a crise, o Brasil pode até crescer menos, mas continuará crescendo?, afirma o presidente do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), Marcos Túlio de Melo, para quem a área permanecerá atrativa para os candidatos. ?Nos países desenvolvidos, há pelo menos 15 engenheiros para cada mil pessoas economicamente ativas. No Brasil, são apenas 6. Faltam profissionais.? No curso de Engenharia Civil da USP de São Carlos, o número de inscrições aumentou 84,32%. No ano passado, a concorrência era de 11 candidatos para cada vaga. Hoje, já são 20. A carreira só ficou atrás de Têxtil e Moda, um curso criado recentemente na USP Leste, que contou com aumento de 105% no número de inscritos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.