Criança baleada sofre parada cardíaca e morre em Belém

A menina A.L.O.P., de 7 anos, morreu no fim da noite de ontem após ser baleada na cabeça durante tiroteio entre traficantes em Belém, no Pará. Segundo informações do Hospital Metropolitano, onde estava internada, ela sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu. Os médicos já haviam registrado morte encefálica às 17h45, mas aguardavam o resultado de novos exames para constatar a possibilidade de doação dos órgãos.A criança, segundo o hospital, teve duas paradas cardíacas no período da manhã de ontem e seu estado clínico era grave, devido a traumatismo craniano com perda de massa encefálica. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e deve ser liberado para velório ainda hoje, de acordo com o hospital. Ela foi atingida por uma bala perdida na noite de terça-feira durante tiroteio entre grupos de traficantes rivais que disputam pontos de venda na região. Alan Cleber Peres, de 26 anos, suspeito de ser o autor dos disparos, foi detido em flagrante.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

31 de julho de 2008 | 10h41

Tudo o que sabemos sobre:
violênciamortePará

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.