Criança cai de brinquedo e morre em parque de SP

O menino M. A. N., de 10 anos, morreu, no início da noite de ontem, ao cair de um brinquedo de um parque de diversões localizado em Vila Sabrina, região de Itaquera, zona leste da capital paulista. O garoto, que estava em companhia do pai, o autônomo Maurício Nunes, de 48 anos, caiu do brinquedo chamado de elevador, que são cadeirinhas dispostas ao redor de uma torre, que sobem até uma certa altura e depois descem rapidamente, simulando um elevador em queda.A tia do garoto, Alessandra Rodrigues Nunes, afirmou à polícia que o pai do menino disse ter percebido que o filho não havia sido bem travado na cadeira e chegou a questionar o funcionário antes que acionasse o brinquedo. Ao cair, M. teve traumatismo craniano e sofreu uma parada cardiorrespiratória. Mesmo socorrido por equipes de resgate dos Bombeiros e levado para o Hospital Santa Marcelina, o garoto não resistiu.A família do menino questiona os critérios de segurança do parque para permissão de ingresso aos brinquedos. Para eles, pela idade e porte físico do garoto, ele deveria ter sido impedido de utilizar a atração. M. era o caçula entre os quatro filhos do autônomo.A ocorrência foi registrada no 32º Distrito Policial, de Itaquera, onde a responsabilidade pelo acidente será apurada. Segundo os freqüentadores, o parque está no local há mais de 20 anos.

RICARDO VALOTA E FABIANA MARCHEZI, Agencia Estado

31 de março de 2008 | 07h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.