Criança é hospitalizada após lamber rato em creche

Uma menina de dois anos foi parar no hospital depois de colocar um rato morto na boca numa creche de São Roque, na região de Sorocaba. A creche, que funciona numa escola municipal de educação infantil no bairro Vila Nova, tinha passado por dedetização. A criança brincava com uma caixa de brinquedos quando apanhou o rato morto, levou à boca e o lambeu. Uma funcionária, que presenciou o ato, tirou a carcaça do animal das mãos da criança e pediu ajuda aos bombeiros.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

16 Outubro 2013 | 18h06

O Corpo de Bombeiros de São Roque informou ter orientado a funcionária a encaminhar a menina a um hospital. Levada para a Santa Casa, a criança tomou soro com vacina e foi encaminhada ao Hospital Regional de Sorocaba para fazer exame toxicológico. De acordo com a mãe da menina, Suelen Aparecida Santos Cazetta, os médicos que a examinaram, consideraram desnecessário o teste toxicológico e a criança recebeu alta. A direção da creche informou que o rato apareceu morto no baú de brinquedos após um serviço de dedetização realizado no local na última sexta-feira, 11, e que toda assistência foi prestada à criança.

Mais conteúdo sobre:
criança rato creche

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.