Criança é internada em estado grave após explosão

Uma criança de 11 anos foi internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas após ser ferida em uma explosão de botijão de gás ocorrida na noite de ontem na região do Jabaquara, zona sul de São Paulo. Segundo boletim médico, o garoto teve 40% do corpo queimado. A explosão, que ocorreu em uma residência na Vila Babilônia, deixou dez feridos, sendo sete em estado grave e três com ferimentos leves.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

21 de maio de 2010 | 09h55

O Corpo de Bombeiros informou que houve desabamento de duas paredes da residência, o que comprometeu a estrutura do local. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, entre os feridos se encontra um homem de 43 anos que está em observação, aguardando transferência para o Hospital do Servidor Público.

Uma mulher de 44 anos foi transferida para o Hospital São Mateus, e outra, de 29, foi levada para o Hospital das Clínicas. Uma jovem de 24 anos foi transferida para o Hospital Vila Penteado. Não há informações sobre o estado de saúde dessas vítimas.

Uma outra criança, também de 11 anos, está internada na UTI em quadro estável. Mas o hospital onde ele está não foi divulgado. Tiveram alta uma jovem de 18 anos, um bebê de 1 ano e duas meninas, de 6 e 9 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
explosãocasagásmeninointernação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.