Criança que recebeu coração artificial responde bem

O menino Patrick Hora Alves, de 10 anos, que teve o coração transplantado na última sexta-feira, está reagindo bem ao tratamento, segundo informações do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), no Rio, onde foi operado. Apesar da boa reação, ele ainda está em período crítico e precisa de suporte cardiorrespiratório e renal, segundo o boletim.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

17 de abril de 2011 | 16h23

Patrick foi a primeira criança do Brasil a conviver com um coração artificial. A previsão é de que ele passe pelo menos 30 dias internado na Unidade de Terapia Intensiva pediátrica do hospital.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.