Crianças fazem download ilegal porque 'todo mundo faz'

Para estudo feito na Europa, preços dos CDs e DVDs e mau exemplo dos pai levam jovens à pirataria

Reuters

14 Agosto 2007 | 09h32

As crianças da Europa sabem dos riscos de fazer downloads ilegais, mas freqüentemente racionalizam a atitude dizendo que "todo mundo" - incluindo os pais delas - pratica o mesmo, segundo uma pesquisa da Comissão Européia.   Outras desculpas incluídas, segundo a Hollywood Reporter, são de que o download é para uso pessoal; os sites supostamente remuneram os artistas; falta credibilidade para as acusações de que a operação afeta os artistas; e o preço dos DVDs e CDs.   Quase todas as crianças ouvidas nos 27 países da União Européia, assim como na Noruega e na Islândia, esperam continuar fazendo downloads. Eles também afirmam que o risco de baixarem um vírus gera mais dúvidas sobre se devem fazer a operação do que o risco de processos legais.   Os resultados da pesquisa mostram que a maioria das crianças usa a internet várias vezes por dia, apesar de o uso da Web ser em alguma extensão limitado pelos pais - a maioria fiscaliza por meio dos próprios telefones celulares - o uso é amplamente livre.   A sondagem também descobriu que as crianças estão muito mais perto dos potenciais riscos online como segurança, vírus, roubo de identidade e contatos com estranhos do que os pais delas imaginam.

Mais conteúdo sobre:
Web Pirataria Download

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.