Crianças são atendidas por bombeiros em reintegração

Duas crianças, uma de 9 anos e outra de 6 meses, foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros na reintegração de posse do terreno da companhia telefônica Oi, onde se formou a Favela da Telerj na manhã desta sexta-feira, 11. As duas inalaram fumaça de bombas de gás e foram atendidas e liberadas no local.

THAISE CONSTANCIO, Agência Estado

11 Abril 2014 | 09h53

De acordo com os bombeiros, sete quartéis, 16 viaturas e 60 militares participam da operação desde as 4h da madrugada de hoje. Eles combateram incêndios em três ônibus, um carro e dois caminhões, além do fogo dentro no prédio na área. A reintegração cumpre determinação juíza da 6ª Vara Cível da Comarca Regional do Méier, Maria Aparecida Silveira de Abreu.

Mais conteúdo sobre:
reintegração Oi Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.