Crise leva empresa britânica a lançar cama-cofre

Fabricante acredita que consumidor prefere manter dinheiro debaixo do colchão do que no banco.

BBC Brasil, BBC

06 de março de 2009 | 09h42

Um fabricante de móveis da Grã-Bretanha lançou no mercado uma cama-cofre, destinada ao consumidor que, nesta época de crise, prefere guardar suas economias literalmente debaixo do colchão do que eu um banco."A confiança nos bancos atingiu seu nível mais baixo e as pessoas parecem realmente preocupadas com a segurança de seu dinheiro", disse Robbie Feather, diretor da fabricante Feather & Black.Ele admitiu que a ideia surgiu como "gozação". "Mas agora estamos confiantes que o produto vai atrair as pessoas que querem guardar dinheiro ou pertences valiosos em um local seguro."O cofre vem disfarçado na base da cama e inclui uma tranca e uma caixa. "Coberto com um lençol ou uma colcha, o cofre pode ficar escondido dos olhares dos predadores", afirmou a empresa.A cama está disponível nos tamanhos solteiro, duplo e king size.O tamanho duplo custa 949 libras (pouco mais de R$ 3,2 mil).No início deste ano, uma pesquisa mostrou que a venda de cofres caseiros aumentou por causa da crise econômica global, que viu os mercados caírem e vários bancos entrarem à beira de um colapso. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.