Cristiano Ronaldo pode igualar Pelé e Maradona, diz técnico

O atacante português Cristiano Ronaldo tem potencial para se tornar um jogador tão importante quanto Pelé ou Diego Maradona, disse o técnico do Manchester United, Alex Ferguson, neste sábado. "As expectativas são sempre tão altas com o Cristiano por conta de sua evolução nos últimos dois ou três anos desde que o contratamos como um jovem garoto", disse Ferguson em entrevista à imprensa. "Ele fez 42 gols na última temporada", disse Ferguson. "Pelé marcou um gol em uma final de Copa aos 17 anos e Maradona jogou por seu país aos 17. O Cristiano tinha 18 anos, então os sinais são os mesmos." Os elogios generosos vem em meio à última guerra de palavras entre o Manchester United e o Real Madrid em torno do futuro do ganhador da Bola de Ouro. "Sua habilidade é impressionante", disse Ferguson. "Ele tem 23 anos e ainda é um garoto muito jovem, mas ele tem muita coisa a seu favor para ir adiante e se tornar uma lenda." Ronaldo estava entre os jogadores que marcaram gol na vitória, por 5 a 3, do United sobre o japonês Gamba Osaka na semi-final do Mundial de Clubes na quinta-feira, mas seu desempenho ficou à sombra do reserva Wayne Rooney, que marcou dois gols. "O Cristiano ainda tem de recuperar sua marca da última temporada, mas ele ainda tem o mesmo desejo de ter o controle da bola durante todo o jogo", afirmou Ferguson. (Reportagem Alastair Himmer)

REUTERS

20 Dezembro 2008 | 10h56

Mais conteúdo sobre:
CRISTIANO PELE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.