Cristina Kirchner está mais para Hillary do que para Evita

Primeiras-damas contam com apoio de seus maridos, mas Hillary terá que brigar mais.

Martín Murphy, BBC

23 de outubro de 2007 | 18h20

Um dos clichês mais repetidos na atual campanha argentina, ao menos na imprensa internacional, é a comparação entre a candidata Cristina Fernández de Kirchner e a senadora americana Hillary Clinton.A revista americana Time chegou a apresentar Cristina como a "Hillary latina".Na Argentina, muitos também comparam a mulher do presidente Kirchner com a lendária Evita Perón.Mas as semelhanças com a senhora Bill Clinton parecem ser maiores.Tanto Cristina como Hillary conheceram seus respectivos maridos na universidade e os viram se tornarem governadores e depois presidentes.Ambas são senadoras atualmente e se destacam por seu poder de oratória.As duas ainda compartilham idéias que poderiam ser qualificadas como sendo de centro-esquerda.Mas a lista de diferenças entre elas também é extensa.Hillary Clinton ainda nem conseguiu a nomeação de seu partido, o Democrata, para disputar as eleições presidenciais de 2008. Já Cristina Kirchner foi escolhida a dedo de um dia para o outro.A americana, por sua vez, já está tendo que apresentar e defender em público suas idéias para conseguir apoio à sua pré-candidatura. Cristina, no entanto, é criticada por não ter ido a debate com os principais candidatos e por não ter apresentado um plano de governo nem propostas concretas.A primeira-dama argentina representa a continuidade de um modelo que, segundo as pesquisas de opinião, tem o apoio da maioria da população.Hillary não baseia suas propostas na continuidade do atual modelo. Pelo contrário, este pode ser um ponto a favor para ela.O empurrãozinho do marido ex-presidente parece não estar funcionando para Hillary tão bem quanto o que Kirchner deu à mulher, e ela ainda está sendo obrigada a lutar por cada voto.Por fim, Cristina dedicou boa parte de seu tempo a polir sua imagem internacional, enquanto Hillary vem se empenhando em conseguir o apoio local.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.