Cristo fica iluminado para alertar sobre hepatite C

Iniciativa faz parte de uma campanha de alerta sobre a doença promovida entre 19 e 26 de maio

FÁBIO GRELLET, Agência Estado

20 Maio 2012 | 19h44

  Ao longo desta semana, até o próximo sábado, o Cristo Redentor, na zona sul do Rio, ficará iluminado nas cores amarela e vermelha. A iniciativa faz parte de uma campanha de alerta sobre a hepatite C promovida entre 19 e 26 de maio pela Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH) em parceria com o Santuário Cristo Redentor.

Nesse período, voluntários da associação vão oferecer, em vários pontos do Brasil, testes gratuitos para identificar a doença. Para o teste, é feita a coleta de uma gota de sangue, e o resultado fica pronto em menos de cinco minutos. A campanha ocorre nesse período porque em 19 de maio é celebrado o Dia Internacional da Hepatite C.

Esse tipo de hepatite é uma doença inflamatória do fígado causada pelo vírus VHC. Ele é transmitido principalmente por sangue contaminado (por transfusão, transplante de órgãos, agulhas, seringas, ferimentos, uso de drogas, tatuagens, piercings etc). A transmissão também pode ocorrer por contato sexual e de mãe para filho. No Brasil existem cerca de 3 milhões de vítimas da hepatite C. Não há vacina contra a doença.

Na maioria dos casos, essa hepatite não produz sintomas. As vítimas só descobrem a doença quando já desenvolveram hepatite crônica, com risco de cirrose e câncer no fígado. Eventualmente, pode ocorrer a forma aguda da enfermidade, que antecede a forma crônica e causa mal-estar, vômitos, náuseas, pele amarelada e dores musculares.

Durante o lançamento da campanha, no sábado, a ABPH e o Santuário homenagearam entidades e empresas que contribuíram para a divulgação e o combate à doença, entre eles o Bradesco, a Petrobrás, o Laboratório Roche e o Grupo Estado, com o prêmio "Amigos do Cristo Redentor". A entrega do prêmio coube ao arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta.

 

O Estado foi premiado na categoria "Reconhecimento Humanitário". O diretor da sucursal do jornal O Estado de S.Paulo no Rio de Janeiro, Marcelo Beraba, recebeu o prêmio em nome do jornal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.