CRM-TO entrega registro a 15 dos 17 estrangeiros

O Conselho Regional de Medicina do Tocantins (CRM-TO) concedeu registro provisório a 15 dos 17 profissionais do Mais Médicos que vão atuar no Estado. Desses, 14 são cubanos e um brasileiro formado na Espanha.

CÉLIA BRETAS TAHAN, Agência Estado

25 de setembro de 2013 | 17h17

A assessoria de imprensa do CRM-TO informou nesta quarta-feira, 25, que dois médicos cubanos não receberam o registro por "inconsistência na documentação". Eles têm 15 dias para regularizar a situação.

Mais conteúdo sobre:
CRM-TOMais Médicos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.