Crustáceo pode inspirar novos tocadores de DVD

Os olhos de um crustáceo marinho poderão inspirar a próxima geração de leitores de CD e DVD, segundo estudo da Universidade de Bristol publicado ontem na Nature Photonics.

, O Estadao de S.Paulo

26 de outubro de 2009 | 00h00

A tamarutaca Odontodactylus scyllarus - camarão multicolor utilizado na pesquisa - pode ser encontrada na Grande Barreira de Corais, na Austrália, e possui o mecanismo de visão mais complexo conhecido pela ciência. Todas as tonalidades que o olho humano pode perceber são combinações de três cores. Os olhos da tamarutaca combinam 12 cores.

Células especiais sensíveis à luz nos olhos da tamarutaca atuam como lâminas de quarto de onda, um dispositivo presente em leitores de CD e DVD que converte luz com polarização circular em luz com polarização linear, um processo necessário para que os dados presentes nas mídias digitais sejam interpretados e gravados.

No entanto, os dispositivos artificiais só conseguem processar bem uma cor. Os olhos da tamarutaca convertem de maneira perfeita quase todo o espectro da luz visível - dos limites do ultravioleta ao infravermelho.

"Nosso trabalho revela pela primeira vez o mecanismo que funciona como uma lâmina de quarto de onda nos olhos da tamarutaca", afirma Nicholas Roberts, principal autor do artigo publicado. "É realmente impressionante: ultrapassa qualquer coisa que os humanos conseguiram criar até agora."

Para o pesquisador, o que mais chama atenção é a simplicidade da estrutura que permite uma sensibilidade tão grande para luz com diferentes polarizações. "Poderá servir de inspiração para dispositivos ópticos que imitem as propriedades das células nos olhos das tamarutacas", afirma Roberts.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.