Cuba substitui primeiro ministro no governo Raúl Castro

Raúl Castro faz primeira mudança no gabinete sem citar motivos da troca; reitora de Universidade assume

REUTERS

22 de abril de 2008 | 11h18

O governo de Cuba substituiu o ministro da Educação, Luis Ignacio Gómez, na primeira troca deste tipo durante o governo do presidente Raúl Castro, disse nesta terça-feira, 22, uma nota oficial publicada na imprensa local. O governo nomeou em seu lugar Ana Elsa Velázquez, segundo o comunicado lido na rádio e na televisão oficiais.  Desde o ano passado, muitos cubanos têm se queixado do sistema educacional em debates públicos. Assim como o setor de saúde, a educação é gratuita na ilha.  O governo afirma que as mudanças feitas pelo novo presidente para melhorar a qualidade de vida na ilha não implicam concessões políticas em seu sistema socialista. "O Conselho de Estado, depois de proposta do Birô Político do Comitê Central do Partido, decidiu substituir do cargo de ministro da Educação Luis Ignacio Gómez Gutiérrez e colocar em seu lugar a companheira Ana Elsa Velázquez Cobiella, atual reitora do Instituto Superior Pedagógico Frank País García, de Santiago de Cuba", disse a nota oficial. Antes disso, na sessão do parlamento em 29 de fevereiro, Julio Casas Regueiro foi nomeado novo ministro da Defesa, cargo ocupado por Raúl Castro por quase meio século. "A companheira Ana Elsa Velázquez é doutora em Ciências da Educação e deputada da Assembléia Nacional do Poder Popular (Parlamento)", informou a nota, que não especificou, como é de costume, as novas funções que o ex-ministro Gómez desempenharia.

Tudo o que sabemos sobre:
CubaRaúl Castro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.