Cuidado em dobro com a segurança

A mesma praticidade de carregar e trabalhar com seu notebook em qualquer lugar pode trazer vários riscos de segurança: perda de dados, quebra de senhas de acesso, vírus em redes públicas e até o furto do próprio equipamento. Por isso, aqui vão algumas dicas vitais para usuários de primeira viagem portátil. Se você carrega documentos importantes em seu laptop, como contratos ou planilhas da empresa, não deixe de fazer backups regulares desses arquivos. Crie uma pasta padrão para backup e a associe a uma rotina de disparo automático de cópia. Procure por um programa desse tipo no próprio sistema operacional de seu computador ou baixe de qualquer site de utilitários. Os notebooks são os campeões de conexão a redes de terceiros (e acesso a suas vulnerabilidades digitais), como uma rede Wi-Fi pública de um café ou um ponto Ethernet de empresas durante reunião externa. Por isso, duas barreiras de proteção básicas nunca podem faltar ou estar desatualizadas: o antivírus e o firewall. Para comprar, procure pelos pacotes de segurança para internet, que já incluem as duas ferramentas num só produto. Se preferir, há excelentes opções gratuitas na web. Os bisbilhoteiros adoram aproveitar-se de donos de laptops descuidados para fazer a festa e apagar arquivos ou ler e-mails pessoais. Afinal, o portátil pode ter sido esquecido conectado e ligado sobre a mesa da sala de jantar de casa ou na lanchonete ao lado do escritório. Atualmente, o sistema biométrico de reconhecimento de impressão digital é a melhor pedida. Ele pode vir embutido no próprio notebook ou ser adquirido como acessório conectado pela porta USB. Somente o dono da impressão digital registrada no sistema é consegue desbloquear o laptop e usá-lo. Como solução básica e gratuita contra xeretas, ative os recursos de travamento de sessão de uso. No Windows, por exemplo, procure e configure esse recurso em Iniciar / Configurações / Painel de Controle / Contas de Usuário (XP e Vista). Escolha uma conta e crie a sua senha de proteção.M.A.

16 Junho 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.