Cultivo

A orquidófila Elza Kawagoe ensina como ter um bom cultivoIluminação - É importante pôr a planta em local bem iluminado, para que ela se desenvolva e floresça bastante. A luz do sol não pode, porém, ser constante e direta.Adubação - Se o adubo for solúvel, coloque 1 colher de café a cada 15 dias. Se for granulado (da Aosp/Bocage), coloque, no canto do vaso, 1 colher de chá a cada 3 meses.Ventilação - É importante para manter a planta livre de cochonilhas e pulgões.Regas - Molhe a planta sempre que estiver seca. Se forem poucas plantas, o ideal é colocar o dedo no substrato. Se estiver seco, regue bem. A planta gosta de ficar molhada, não encharcada.Pragas - Contra cochonilhas e pulgões, lave a planta com sabão de coco. Passe uma escova de dente macia, e esfregue com cuidado onde está o inseto, depois enxágüe em água corrente. Pulverize o local atacado com spray em aerosol à base de água ou fumo de corda. Para fazer o fumo de corda, ferva pedaços de fumo em 1 litro de água, para matar as bactérias, depois dilua a solução em 1 litro de água e aplique com borrifador. Doenças - Geralmente deixam manchas ou partes moles nas folhas. Aplique calda bordalesa, vendida em lojas especializadas, e se necessário corte os pedaços da planta que estão muito atacados pelo fungo. Aplique, no local do corte, canela em pó, que é um antibiótico natural.

O Estado de S.Paulo

03 de outubro de 2007 | 01h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.