Curso ensina a cultivar uva na cidade

Moradores da metrópole com interesse em agricultura terão aulas de história e noções básicas de produção

Fernanda Yoneya, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2010 | 02h11

Para atender à demanda de cidadãos urbanos interessados em agricultura, será realizado, a partir do dia 26, no Parque da Água Branca, em São Paulo (SP), o curso Viticultura na metrópole - o ABC do viticultor. O curso é gratuito e as aulas, quinzenais, vão até novembro. Nesta primeira edição do curso há 50 vagas disponíveis.

O evento é promovido pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), pelo Instituto Agronômico e Instituto de Economia Agrícola, órgãos das Secretaria de Agricultura paulista, em parceria com o Grupo Vindima, do viticultor Sérgio Semerdjian, que atua na formação de viticultores no Clube Escola Jardim São Paulo, na zona norte de São Paulo.

O diretor-técnico do Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR São Paulo) da Cati, João Carlos de Campos Pimentel, explica que o curso é voltado para quem deseja produzir uva no quintal de casa, mas não tem conhecimento agronômico, e para agricultores interessados em tecnificar a produção.

"As informações são básicas. O objetivo é fomentar a produção de uma fruta de alto valor nutritivo, que pode ocupar espaços ociosos em quintais, por exemplo", diz Pimentel. No caso de agricultores, a ideia é difundir técnicas de produção e, com isso, estimular a diversificação de cultivos em sítios e chácaras. "Isso gera melhor renda e mais empregos."

História. O curso terá como base três tópicos: a história da uva, produção da uva (variedades) e técnicas de produção (adubação, pragas e doenças). "As aulas sobre história são importantes porque contextualizam o curso. A uva tem seu berço em São Vicente, sua história no Brasil teve início em solo paulista", afirma Pimentel.

Os temas técnicos, conforme Pimentel, ficarão a cargo de técnicos do Agronômico e do Grupo Vindima. "Os alunos vão entender, objetivamente, como fazer uma videira produzir frutos", diz. "O curso foi elaborado para explicar que cuidados técnicos o viticultor tem de ter com a videira em relação a clima, solo, adubação e controle de pragas e doenças." O curso apresentará também as diversas espécies e variedades de uvas existentes.

"Os participantes vão aprender a escolher a variedade mais apropriada para consumo in natura, produção de suco, geleia e vinho."

A terceira etapa do curso tratará de mercado e organização de um negócio agrícola, com pesquisadores do Instituto de Economia Agrícola. A palestra de encerramento terá como tema a produção de vinhos. "Os alunos sairão do curso com noções básicas sobre plantio, instalação e condução da videira."

TEMAS

História

A história da viticultura paulistana, paulista e brasileira. O hábito cultural do plantio de videira em quintais de casas

na zona urbana e em estabelecimentos rurais, hábito que no passado fez parte da cultura de vários imigrantes.

Manejo

Como plantar e manejar tecnicamente a videira para a produção de frutos.

Viveiro

Como formar um pequeno viveiro para produção de mudas de videira.

Mercado

O mercado externo e interno de uvas finas e rosadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.