Curto-circuito causou apagão no Aeroporto de Guarulhos

Problema ocorreu em subestação que alimenta o Terminal de Passageiros 3, em fase de testes; escuridão durou 20 minutos

Luciana Collet, Agência Estado

27 de fevereiro de 2014 | 12h32

SÃO PAULO - Um curto-circuito foi a causa do apagão ocorrido na noite desta quarta-feira, 26, no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, informou há pouco a concessionária responsável pela operação do aeroporto. Conforme a Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos, um dos cabos ligados a uma das subestações que alimenta o Terminal de Passageiros 3, que está em fase de testes, sofreu um curto-circuito, interrompendo o fornecimento de energia em parte do aeroporto por cerca de 20 minutos, entre as 21h50 e as 22h10.

A empresa informou que um gerador de emergência foi acionado, mas como havia um curto-circuito, o sistema de segurança e proteção atuou e interrompeu a operação. "Todos os sistemas de segurança do aeroporto, em especial o de balizamento das pistas, continuaram operando", disse a concessionária, em nota.

Durante a queda de energia, foram registrados 12 voos atrasados acima de 30 minutos e um voo foi alternado para outro aeroporto.

Em nota, a concessionária também lamentou os transtornos causados aos passageiros e usuários e informou que está trabalhando para apurar as causas que provocaram o curto-circuito. Procurada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que também está apurando a ocorrência. Entre os acionistas da Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos estão a Invepar e a operadora sul-africana ACSA, além da Infraero.

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    apagãoaeroportoGuraulhosCumbica

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.