Dados chineses interrompem rali de duas semanas na Europa

As ações europeias caíram nesta sexta-feira com dados macroeconômicos da China levando investidores a tomar fôlego depois de um rali de duas semanas, mas uma queda no índice de volatilidade da região para uma mínima em três semanas sinaliza algum aumento do apetite a risco.

Reuters

10 de agosto de 2012 | 13h28

Segundo números preliminares, o índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em leve queda de 0,07 por cento, aos 1.100 pontos, interrompendo um rali de duas semanas, no qual acumulou alta de 8 por cento.

Apesar da queda no dia, o indicador conseguiu acumular ganho de 1,8 por cento na semana, a décima seguida em terreno positivo, na maior série de avanços semanais em sete anos para o indicador.

"Depois do rali, as pessoas estão tentando garantir um pouco de lucro. É saudável. Investidores estão recuperando o fôlego", avaliou a subchefe de gestão de ativos na B*Capital, em Paris, Isabelle Enos.

"Mas, no geral, o clima tem melhorado e o copo é visto agora meio cheio. Você não pode se permitir mais ficar à margem. Os administradores de fundos estão agora mais preocupados sobre perder o rali do que sofrer um golpe", completou.

O indicador de volatilidade Euro STOXX 50, principal medidor da ansiedade dos investidores no mercado de capitais europeu, caiu 2,52 por cento, para uma mínima em três semanas, ficando abaixo do patamar de 23 pontos, refletindo uma recuperação no apetite por ativos de risco, como ações, e enviando um sinal mais otimista aos mercados.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou com leve baixa de 0,08 por cento, a 5.847 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,29 por cento, para 6.944 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,61 por cento, a 3.435 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve perda de 0,72 por cento, para 14.548 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 desvalorizou-se 0,88 por cento, a 7.047 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 caiu 0,54 por cento, para 4.843 pontos.

(Reportagem de Blaise Robinson)

Mais conteúdo sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.