DAEE: reservatórios devem atingir 2º cota dia 15

O superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) de São Paulo, Alceu Segamarchi Junior, afirmou que os reservatórios do Estado devem atingir a segunda cota da reserva estratégica em 15 de novembro e destacou que a Agência Nacional de Águas (ANA) já concordou com a utilização dessa parcela do volume morto.

STEFÂNIA AKEL, Estadão Conteúdo

12 Novembro 2014 | 15h13

"A expectativa é de que no dia 15 já estejamos aptos a bombear a segunda cota. A ANA já tinha concordado com a utilização da segunda reserva, o que falta definir são quais os limites para o mês de novembro. Isso estamos definindo agora ao longo desta semana, mas está legalmente autorizado", afirmou, depois de depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de São Paulo que investiga o contrato entre a Prefeitura e a Companhia de Saneamento do Estado de São Paulo (Sabesp).

Segamarchi afirmou ainda que não é possível para o DAEE se comprometer com a meta pedida pela ANA de chegar ao final de abril de 2015 - fim do período chuvoso - com 10% de volume útil. "Estamos buscando a meta de 10%, mas, para definir quanto vai ser extraído daqui para frente do sistema Cantareira precisamos ver como ele se comporta. Estamos observando e vamos definir isso em conjunto com a ANA nos próximos dias", disse.

A agência federal recomendou que a utilização da segunda cota do volume morto ocorra por meio de regras que visem a maior segurança dos reservatórios, mediante a autorização de parcelas sucessivas, que considerem um volume meta mínimo nos reservatórios a ser garantido em 30 de abril de 2015, da ordem de 10% do volume útil do Sistema.

Mais cedo, o secretário de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Mauro Arce, afirmou que é "uma questão de tempo, de dias" para que haja uma resolução conjunta autorizando o uso dessa água. Considerando o volume útil mais a reserva técnica, segundo a Sabesp, o Cantareira apresenta nesta quarta-feira 11% de volume armazenado.

Mais conteúdo sobre:
CRISE DA ÁGUACPISABESPDAEE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.