Daimler Crhysler fabricará mais um carro no Brasil

O Formore, utilitário esportivo da marca Smart, o novo modelo da Daimler Chrysler, será produzido na fábrica de automóveis da Mercedes-Benz em Juiz de Fora, Zona da Mata mineira, a partir de junho de 2006. A informação foi dada nesta segunda-feira pelo novo presidente da montadora alemã, Gero Herrmann.Herrmann, diretor comercial da companhia, substitui Ben van Schaik, que durante oito anos esteve à frente do conglomerado alemão no Brasil. Ele não informou os investimentos necessários à adaptação da fábrica para a produção do novo modelo não serão divulgados. Já Van Schaik disse que algo entre 34% e 35% dos fornecedores do Formore virão de empresas que já estão instaladas na região e que produzem componentes para o Classe A, da marca Mercedes-Benz, que é produzido em Juiz de Fora.O novo modelo será, principalmente, exportado para os Estados Unidos e Europa. A expectativa é de que, no segundo semestre de 2006, sejam produzidos 20 mil unidades. A expectativa dos executivos é de que, até 2008, as linhas de produção do Formore atinjam a capacidade máxima de 60 mil unidades por ano. "O número de empregados na montadora vai dobrar, passando dos atuais 1,1 mil empregados para algo em torno de 2 mil", afirmou Herrmann. Segundo Van Schaik, a continuidade da produção do Classe A depende da demanda interna.Desde que foi implantada, em 1997, a planta industrial da Mercedes-Benz em Juiz de Fora produziu muito aquém da expectativa inicial de 70 mil unidades do Classe A por ano. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), entre janeiro e julho de 2004, foram produzidos 2.962 unidades, número 32,7% inferior ao mesmo período do ano passado, quando foram produzidos 3.932 automóveis. Já as vendas para o mercado interno, passaram de 3.563 automóveis no primeiro semestre de 2003 para 2.607 unidades no mesmo período de 2004, uma queda de 36,6%.

Agencia Estado,

26 de julho de 2004 | 19h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.