Datena rompe com a Band e retorna à Record

Rede anistiará dívida pela rescisão de contrato de 2003 e promete pagar o saldo a dever na Band, onde acordo ia até 2016

Cristina Padiglione, O Estado de S.Paulo

17 Junho 2011 | 00h00

A direção da Bandeirantes tentou evitar, mas o roteiro preanunciado há um mês, quando o comandante Hamilton trocou a rede dos Saads pela Record, confirmou-se ontem: José Luiz Datena seguiu o mesmo caminho do piloto e retorna à Record oito anos após ter deixado a casa. Ontem, o Brasil Urgente foi apresentado por Luciano Faccioli.

Hamilton já reestreou na Record. Já o apresentador terá um mês de férias. Sua volta à tela será entre julho e agosto, valendo a ressurreição do título Cidade Alerta e participação imediata na cobertura do Pan de Guadalajara, que a Record transmitirá com exclusividade na TV brasileira.

O contrato da vez vale por cinco anos - o que não quer dizer que será cumprido. Ao deixar a Record, em 2003, para assinar com a Band por oito anos, Datena fez uma dívida que hoje chega perto dos R$ 18 milhões, obra de multa pela rescisão do contrato, que nunca foi paga. Agora, faz o caminho inverso para o mesmo filme: com acordo recém-renovado na Band (venceria só em 2016), ele novamente rompe o contrato para voltar à Record.

No papel de contratante, a Record agora lhe anistia a dívida de 2003 e promete honrar a multa com a Band, que beira R$ 20 milhões. O holerite de Datena é estimado em R$ 500 mil mensais, quase o mesmo da Band, com a diferença de livrá-lo das multas rescisórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.