De Old Tom a London dry

Feito à base de uma infusão de álcool e zimbro, o gim nasceu na Holanda como tônico contra a peste bubônica, na Idade Média. Só quatro séculos depois chegou ao Reino Unido. Foi durante o reinado de William III, quando os dois países se viram temporariamente unificados e para desestimular o consumo de vinho francês, que o rei encorajou a abertura de destilarias inglesas de fundo do quintal. A bebida de má qualidade e produzida sem regulamentação sanitária virou problema de saúde pública em menos de um século: a febre do gim. A imagem emblemática da época é a Gin Lane, ilustração de William Hogarth (detalhe ao lado). Ele retratou uma cena de horror ambientada no centro de Londres que mostra a devastação provocada pelo gim. A tentativa de regulamentar a produção estimulou a corrupção e a situação só se inverteu com a escassez de grãos em meados do século 18, que gerou impostos e novas normas para a produção. Como resultado dessa regulamentação, surgem as primeiras destilarias sérias - como a Gordon's. Mas foi só no século 19, com inovações tecnológicas que permitiram transformar o "Old Tom", licoroso e pungente, no seco e cristalino "London dry"./ A.F

O Estado de S.Paulo

07 Março 2013 | 02h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.