Decisão contra TIM faz ações da Telecom Italia caírem

As ações da Telecom Italia estavam entre as que mais caíam nesta segunda-feira no índice FTSEurofirst 300, diante do risco de a TIM Participações ter que pagar uma grande quantia em impostos atrasados.

Reuters

20 de agosto de 2012 | 07h33

Às 7h08 de Brasília, as ações da companhia italiana perdiam 2,78 por cento, para 0,73 euro.

A Justiça brasileira decidiu contra a companhia em um caso de 550 milhões de euros em supostas dívidas tributárias atrasadas por parte da TIM Celular, noticiaram neste final de semana os jornais Il Messagero e Il Sole 24 Ore. A companhia está recorrendo.

Representantes da TIM Participações no Brasil não puderam ser imediatamente contatados para comentar o assunto.

O Mediobanca afirmou que a decisão é "assunto antigo" mas representa "um risco significativo de pagamento". O banco disse que a repercussão do caso pode pressionar as ações a curto prazo.

Separadamente, o JP Morgan cortou em 0,5 por cento a previsão para o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) da Telecom Italia em 2012, citando "um cenário econômico mais difícil".

Mais conteúdo sobre:
TELECOMTIMLEGALACOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.