Defesa Civil deve entregar material de construção no PR

A Defesa Civil do Paraná deve iniciar nesta semana a entrega de telhas e lonas para as 4,3 mil pessoas atingidas pelas fortes chuvas de granizo que atingiram o municípios de Leônidas Marques, Capanema e Cantagalo neste fim de semana. Para isso acontecer, porém, as prefeituras deve decretar estado de emergência, o que deve ocorrer amanhã, e encaminhar relatórios para a coordenação estadual da Defesa Civil. O município mais atingido foi Leônidas Marques com três mil pessoas afetadas, seguida de Capanema com 1 mil Cantagalo com 350 pessoas.

AE, Agência Estado

26 Junho 2011 | 19h04

Segundo o coordenador estadual da Defesa Civil e Chefe da Casa Militar do Paraná, Coronel Adilson Castilho Casitas, a ação vai depender também da agilidade das prefeituras. "Temos grupos da Defesa Civil acompanhando os trabalhos feitos pelas prefeituras nesses locais, até para que não ocorram problemas de levantamento e cadastramento das famílias atingidas", disse.

Além do cuidado para que não existam problemas de materiais, Casitas ressalta que tudo poderá ser resolvido em até 24 horas. "Tão logo tenhamos esse levantamento em mãos poderemos agilizar tudo em até 24 horas para evitar que isso se prolongue", concluiu.

Mais conteúdo sobre:
Paraná Defesa Civil chuvas material

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.