Defesa de casal Nardoni cogita novo julgamento

O advogado de defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, Roberto Podval, pretende apresentar até o fim desta semana a argumentação do recurso pedido após o julgamento que condenou os dois pela morte da Isabella - crime ocorrido em março de 2008. "Provavelmente pediremos um novo julgamento", afirmou Podval.

PRISCILA TRINDADE, Agência Estado

29 de março de 2010 | 16h01

Alexandre e Anna Jatobá foram condenados a 31 anos, 1 mês e 10 dias, e a 26 anos e 8 meses de prisão, respectivamente, pela morte da menina. O júri começou na segunda-feira (22) e se estendeu até a madrugada de sábado (27), no Fórum de Santana, na zona norte de São Paulo.

Após a decisão, o pai e a madrasta de Isabella voltaram para os presídios em Tremembé, no interior de São Paulo, onde já estavam há quase dois anos. Ambos retornaram para a mesma cela que ocupavam antes do júri.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.