Déficit em transação corrente aumenta a US$2,9 bi

O Brasil registrou em outubro déficit em transações correntes de 2,911 bilhões de dólares, ante saldo negativo de 1,239 bilhão de dólares um ano atrás, informou o Banco Central nesta terça-feira.

REUTERS

24 de novembro de 2009 | 10h48

Em 12 meses até outubro, o déficit em transações correntes correspondeu a 1,32 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), ante déficit de 1,23 por cento do PIB em 12 meses até setembro.

Os investimentos estrangeiros diretos no país caíram para 1,563 bilhão de dólares no mês passado. Em outubro de 2008, esses investimentos foram de 3,913 bilhões de dólares.

Os investimentos líquidos em carteira somaram 17,609 bilhões de dólares em outubro, sendo que no mesmo mês do ano passado houve uma saída de 7,488 bilhões de dólares.

As remessas de lucros e dividendos somaram 1,895 bilhão de dólares, contra 1,813 bilhão de dólares em outubro de 2008.

No acumulado do ano até outubro, os investimentos estrangeiros diretos somaram 19,254 bilhões de dólares, contra 34,768 bilhões de dólares em igual período do ano passado.

(Por Isabel Versiani)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENEXTERNODEFICIT*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.