Deflação pelo IGP-M fica mais forte na 2a prévia

A deflação do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) acelerou na segunda leitura deste mês, refletindo um arrefecimento generalizado dos custos, sobretudo no atacado.

REUTERS

21 Agosto 2009 | 08h14

O indicador caiu 0,46 por cento na segunda prévia de agosto, ante queda de 0,27 por cento em igual período de julho, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta sexta-feira.

Entre os componentes do IGP-M, o Índice de Preços por Atacado (IPA) caiu 0,78 por cento nesta leitura, depois de declinar 0,56 por cento no mesmo intervalo do mês passado.

O IPA agrícola acelerou a queda para 1,57 por cento no dado de agosto, ante 1,16 por cento no de julho. O IPA industrial declinou 0,52 por cento, após cair 0,37 por cento.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) avançou 0,10 por cento nesta leitura, abaixo do avanço anterior de 0,25 por cento.

A desaceleração veio sobretudo das quedas dos grupo Alimentação e Vestuário, de respectivamente 0,25 e 0,30 por cento, revertendo altas na leitura anterior.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 0,20 por cento na segunda leitura de agosto, abaixo da alta de 0,33 por cento na segunda de julho.

O IGP-M da segunda prévia mediu os preços entre 21 de julho e 10 de agosto.

(Por Vanessa Stelzer)

Mais conteúdo sobre:
INFLACAOIGPMSEGUNDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.