DEM anuncia apoio a Serra na disputa pela prefeitura de SP

O DEM anunciou nesta quinta-feira apoio à candidatura de José Serra (PSDB) à prefeitura de São Paulo e se tornou o terceiro partido a apoiar oficialmente o tucano na eleição municipal de outubro deste ano na capital paulista.

REUTERS

17 Maio 2012 | 18h02

O evento contou com a presença de Serra, de Rodrigo Garcia, que era pré-candidato do DEM na cidade; do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; do presidente nacional do DEM, José Agripino Maia; do deputado federal ACM Neto (DEM-BA), entre outros.

ACM Neto receberá na sexta-feira, em evento em Salvador, apoio do PSDB à sua candidatura à prefeitura da capital baiana. Até então, o pré-candidato do PSDB na cidade era o deputado federal Antônio Imbassahy.

Ao anunciar o apoio do DEM a Serra no início da tarde em um clube na Avenida Paulista, Agripino, no entanto, rejeitou a ideia de um acordo de troca, em que o DEM apoiaria Serra em São Paulo em troca do endosso do PSDB baiano a ACM Neto.

Na avaliação do presidente do Democratas e dos demais oradores, a aliança entre os dois partidos é natural e vem se repetindo ao longo dos últimos anos.

O DEM é o terceiro partido a anunciar apoio a Serra. Antes o Partido Verde e o PSD, do atual prefeito Gilberto Kassab, já haviam anunciado apoio à candidatura tucana.

O PSDB paulistano ainda negocia alianças com outros partidos, como o PP, que não tem pré-candidato, e o PTB, que lançou a pré-candidatura do presidente da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil, Luiz Flávio Borges D'Urso.

Segundo pesquisa realizada pelo Datafolha em março, Serra lidera com 30 por cento das intenções de voto para prefeito da capital paulista, à frente de Celso Russomano (PRB), com 19 por cento.

Candidato apoiado pela presidente Dilma Rousseff e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro da Educação Fernando Haddad (PT) tem 3 por cento. Gabriel Chalita, do PMDB, legenda com maior tempo na propaganda eleitoral na TV, tem 7 por cento.

(Reportagem de Eduardo Simões)

Mais conteúdo sobre:
POLITICA SERRA DEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.