Deputados aprovam aumento de 29,98% a magistério gaúcho

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou nesta quarta-feira um reajuste de 28,98% para o magistério, a ser pago em três parcelas. Os deputados votaram pressionados por professores contrários ao projeto. A categoria queria que o índice fosse aplicado imediatamente para aproximar os vencimentos de R$ 852 pagos pelo Estado ao piso nacional de R$ 1.451,00.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

19 Dezembro 2012 | 19h01

Pela proposta do governo de Tarso Genro (PT), o aumento será concedido em três etapas. Na primeira, em novembro de 2013, e na segunda, em maio de 2014, o índice será de 6,5%. Na terceira, em novembro de 2014, chegará a 13,72%.

O governo alega que a soma dos reajustes concedidos e dos previstos dará um acréscimo de 76,6% aos vencimentos do magistério nos quatro anos da atual gestão, enquanto a inflação projetada para o período é de 23%.

Mais conteúdo sobre:
professores aumento RS

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.