Deputados querem apuração de contratos no RJ

Deputados estaduais do Rio de Janeiro pretendem fazer uma devassa nos contratos do governo com a empreiteira Delta Construções, do empresário Fernando Cavendish, e nas medidas administrativas que beneficiaram o grupo EBX, de Eike Batista. Os parlamentares de oposição querem saber se as relações de amizade entre o governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) e os empresários influenciaram iniciativas da administração estadual.

ALFREDO JUNQUEIRA, Agência Estado

22 Junho 2011 | 20h04

A proximidade entre Cabral e Cavendish ficou exposta após o acidente de helicóptero que matou sete pessoas no litoral baiano, na noite da sexta-feira passada. Entre as vítimas estão Jordana Cavendish e o filho dela, Luca - mulher e o enteado do empresário - e Mariana Noleto, namorada de Marco Antonio Cabral - filho do governador do Rio. Cabral e seus parentes viajaram à Bahia num jato cedido por Eike Batista, para participar dos festejos de aniversário de Cavendish.

A Delta acumulou R$ 992,4 milhões em contratos durante o primeiro mandato de Cabral. Este ano, dos R$ 241,8 milhões em empenhos para a empresa de Cavendish, R$ 58,7 milhões são fruto de obras realizadas com dispensa de licitação. Os deputados estaduais solicitaram cópias de editais, contratos, aditivos, resultados de licitação e valores empenhados, faturados e liquidados até 30 de maio de 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.