Desabamento de casa mata criança no interior do PR

Os ventos e as chuvas que caíram no Paraná entre ontem e hoje provocaram uma tragédia na pequena cidade de Fênix, município com cinco mil habitantes localizado a 430 quilômetros de Curitiba (PR). Um garoto de um ano e um mês de vida morreu ao ser atingido por tijolos que caíram ontem do teto de sua casa. A criança foi enterrada hoje no cemitério da cidade.Os pais do menino, que era filho único, Odair Lúcio Barbosa, 33 anos e Leiliane da Cruz Barbosa, de 27 anos, passaram a tarde de hoje em um sítio pertencente aos avós da criança e estavam incomunicáveis.Segundo o soldado Valdoelio Vieira, do 11º Batalhão da Polícia Militar de Campo Mourão, que socorreu a vítima, a criança estava bastante ferida. Como a cidade teve seu único hospital fechado há seis meses, Vieira levou Leonardo para o hospital de Barbosa Ferraz, 13 quilômetros de distância."Os pais estavam tensos e quando chegamos ao hospital o médico falou que o coraçãozinho da criança não iria agüentar e minutos depois ele pediu para eu falar com os pais. A mãe da criança precisou ser medicada, foi uma coisa muito triste", afirmou. Conforme o policial, a casa de Odair e Liliane não tinha o forro de cobertura e a violência do vento e das chuvas provocaram a tragédia enquanto a criança brincava.Na capital, 130 mil casas ficaram sem energia elétrica por causa da queda de diversos postes, provocadas por ventos que atingiram até 120 quilômetros. Em Maringá, a queda de diversas árvores provocou ferimentos em três pessoas. Os ventos chegaram a 90 quilômetros e também atingiram estruturas metálicas da Universidade Estadual de Maringá.

JULIO CESAR LIMA, Agencia Estado

02 de novembro de 2007 | 21h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.