Desabamento de prédio no RS deixa quatro mortos

Quatro pessoas, entre elas mãe e filho, morreram nesta madrugada de domingo, 19, após um prédio de três andares, em reforma, desabar na Avenida Beira-Mar, em Capão da Canoa (RS), no litoral norte gaúcho, a 135 quilômetros de Porto Alegre.

EQUIPE AE, Agencia Estado

19 Julho 2009 | 13h19

O edifício Santa Fé possui 12 apartamentos, mas apenas três estavam ocupados, um deles pelo zelador, que sobreviveu. Simone Celiberto, 31 anos, e seu filho Rodrigo Celiberto dos Santos, de cinco anos, foram levados com vida para o Hospital Santa Luzia, mas não resistiram aos ferimentos. Por volta das 4h foi retirado dos destroços o corpo do síndico, Joel Dieter, 57, e, meia hora depois, o da mulher dele, Marisa Guedes Preussler, 56. O zelador, Arideu Oliveira Rolim, foi resgatado e internado no Santa Luzia em estado regular.

Mais conteúdo sobre:
Desabamento Capão da Canoa mortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.