Desabrigados deixam escolas para início das aulas no PI

As 47 famílias prejudicadas pelo rompimento da Barragem Algodões I, em Cocal, no Piauí, serão transferidas das quatro escolas onde estão abrigadas para a Escola Técnica Agrícola. Segundo o governo do Estado, os detalhes estão sendo acertados para que as aulas no município possam ser reiniciadas na segunda-feira. A presidente da Empresa de Gestão de Recursos do Piauí (Emgerpi), Lucile Moura, informou hoje que as águas chegaram a atingir o muro da Escola Técnica, mas que os reparos estão sendo feitos.

AE, Agencia Estado

05 Junho 2009 | 16h29

Essas famílias permanecerão no novo abrigo até terem suas casas construídas pelo Governo do Piauí. A previsão é de que isso ocorra até o final do ano. A Defesa Civil do Estado levou a Brasília as informações do incidente em Algodões I para que os recursos sejam liberados pelo Governo Federal.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deve liberar amanhã o trecho da BR 343, entre Parnaíba e Buriti dos Lopes, que também foi destruído pelas águas com o rompimento da Barragem Algodões I no último dia 27. O rio Pirangi não suportou o volume de água e transbordou, destruindo as cabeceiras da ponte, que fica a apenas 5 quilômetros do centro da cidade de Buriti dos Lopes.

Mais conteúdo sobre:
chuvasPiauíaulas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.