Descobertas seis estátuas de deusa faraônica em Luxor

Uma equipe de arqueólogos egípcios e alemães descobriu seis estátuas de pedra da deusa faraônica da guerra, Sejmet, durante trabalhos de restauração no templo de Amenófis III, no oeste da cidade monumental de Luxor.O secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades (CSA), Zahi Hawas, disse nesta segunda-feira que as estátuas da deusa - encontradas em uma câmara oculta do templo, situado na região de Kom al-Hitan, na margem oeste do Nilo - foram esculpidas em rocha escura.Hawas acrescentou que três das seis estátuas estão em ótimo estado de conservação e acrescentou que esta é a sétima câmara oculta encontrada pela equipe arqueológica desde que começaram os trabalhos de restauração do templo de Amenófis II, construído há mais de 3.400 anos.Situado na margem ocidental do rio Nilo, próximo ao Vale dos Reis, o templo fúnebre de Amenófis III era composto por três pátios, uma galeria de colunas, um salão e um santuário, com uma extensão total de 500 metros.Segundo a mitologia egípcia, Sejmet era a deusa guerreira enviada pelo Deus Rá para castigar os homens que deixavam de louvá-lo. Era também quem anunciava epidemias e doenças, embora, ao mesmo tempo, ajudasse a curá-las.

Agencia Estado,

06 de março de 2006 | 15h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.