Descoberto sistema de escrita mais antigo das Américas

É mais do que um rabisco à toa, mas o significado ainda é incerto. No entanto, há uma coisa de que os cientistas têm certeza: o inseto, a espiga de milho, o peixe e outros símbolos traçados numa antiga laje de pedra é a mais antiga forma de escrita no Hemisfério Ocidental.O arranjo e os padrões dos símbolos sugerem que a antiga civilização olmeca já usava a linguagem escrita 300 anos antes do que se supunha anteriormente. "Estamos lidando com a primeira evidência clara de escrita no Novo Mundo", disse Stephen Houston, antropólogo da Universidade Brown. O trabalho de Houston, em parceria com colegas mexicanos e americanos, aparece na edição desta semana da revista Science.Os padrões que cobrem a face do bloco retangular de pedra também representam um sistema de escrita ainda desconhecido - um achado raro em Arqueologia.O texto cobre a face do bloco, que tem praticamente a mesma área de uma folha formato ofício. No entanto, tem 13 centímetros de espessura e pesa 12 kg.A face escrita é lisa e levemente côncava, o que sugere que pode ter sido raspada e reutilizada como suporte para escrita diversas vezes. Moradores do Estado mexicano de Veracruz descobriram o bloco em 1999, enquanto extraíram pedras de uma velha ruína olmeca, para usar como pavimentação de estrada. A notícia da descoberta demorou para se espalhar, e os autores do estudo chegaram ao local no início deste ano.Baseando-se em outros materiais que, acredita-se, foram encontrados junto com o bloco, os pesquisadores atribuíram à laje a idade de 2.900 anos."Isto é séculos antes de qualquer coisa que tínhamos. As pessoa debatiam se os olmecas tinham ou não um sistema de escrita. Isso esclarece tudo. Isso fecha a questão para mim", disse o especialista em escrita mesoamericana David Stuart, que não participou do estudo da pedra mas resenhou o artigo sobre o assunto para a Science.O bloco contém 28 diferentes símbolos, alguns dos quais aparecem repetidos. O sistema de escrita não se assemelha a formas posteriores, e pode representar um sistema abandonado, de acordo com o estudo.

Agencia Estado,

14 de setembro de 2006 | 16h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.