Desfecho facilita nomeação de Thomas Shannon

O senador americano Richard Lugar, líder republicano no Comitê de Relações Exteriores do Senado, pediu ontem a rápida confirmação de Thomas Shannon no cargo de embaixador americano no Brasil e de Arturo Valenzuela como secretário assistente para o Hemisfério Ocidental, posto ocupado atualmente por Shannon. O papel dos EUA na crise hondurenha "merece elogios", disse ele. Um grupo de legisladores conservadores, porém, encabeçado pelo senador republicano Jim DeMint, faz campanha contra a confirmação de Shannon e Valenzuela, considerados "lenientes" com os governos bolivarianos. DeMint bloqueia os dois indicados desde julho. "Lugar está pressionando DeMint para retirar seu veto", disse ao "Estado" um assessor envolvido nas negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.