Desfecho facilita nomeação de Thomas Shannon

O senador americano Richard Lugar, líder republicano no Comitê de Relações Exteriores do Senado, pediu ontem a rápida confirmação de Thomas Shannon no cargo de embaixador americano no Brasil e de Arturo Valenzuela como secretário assistente para o Hemisfério Ocidental, posto ocupado atualmente por Shannon. O papel dos EUA na crise hondurenha "merece elogios", disse ele. Um grupo de legisladores conservadores, porém, encabeçado pelo senador republicano Jim DeMint, faz campanha contra a confirmação de Shannon e Valenzuela, considerados "lenientes" com os governos bolivarianos. DeMint bloqueia os dois indicados desde julho. "Lugar está pressionando DeMint para retirar seu veto", disse ao "Estado" um assessor envolvido nas negociações.

PATRÍCIA CAMPOS MELLO, O Estadao de S.Paulo

31 Outubro 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.