Designer do 'Estado' integra elite mundial

Trabalho do diretor de arte Fabio Sales está em livro que reúne trabalhos de 81 artistas gráficos

O Estado de S.Paulo

01 Abril 2012 | 03h05

Para comemorar 20 anos do prêmio Malofiej, o "Pulitzer da infografia" para meios impressos e digitais, a Society for News Design (SNDE) da Espanha, responsável pela premiação, publicou um livro que reúne trabalhos de 81 artistas gráficos de vários países. A obra traz cinco profissionais brasileiros, entre eles o diretor de arte do Grupo Estado, Fabio Sales.

Para Infográficos. Uma definição visual - Perspectiva global por 81 artistas gráficos, o SNDE propôs aos profissionais um exercício de metalinguagem: definir num infográfico o que é e o que significa a infografia. Além da proposta, a execução era livre: as dezenas de trabalhos variam entre verdadeiros estudos sobre o tema e algumas concepções que muito se aproximam de obras artísticas.

Para Fabio Sales, é uma honra representar o Brasil. "Concorremos em um mercado praticamente dominado por profissionais e publicações de língua inglesa e espanhola, mas não deixamos nada a dever aos estrangeiros. É importante o Brasil mostrar sua riqueza", afirma.

Essa é a primeira edição do livro, apresentado em um congresso em Navarra entre os dias 21 e 23 deste mês - quando também foram divulgados os vencedores do Malofiej deste ano. Todos os participantes foram convidados por terem tido alguma relação com a premiação. Sales participou do júri há três anos e em 2011 o Estado levou cinco medalhas no prêmio.

Em seu trabalho para o livro, ele defende o que chama de "roda da notícia", tendo o infográfico como ferramenta para unir a informação com o conhecimento das pessoas. "Em um mundo saturado de informações, os infográficos vêm para clarear, simplificar", diz. "É uma linguagem jornalística que pode ajudar a melhorar a comunicação com nossos leitores."

Sales lembra que a análise de dados é uma tendência cada vez mais forte na cultura atual. "E a partir dos dados também descobrimos histórias", ressalta.

Os outros brasileiros são: Andreia Caires, Luiz Iria, ambos da editora Abril; Alexandre Lucas, da editora Globo; e Renata Steffen. Eles aparecem ao lado de alguns dos maiores profissionais do gênero, como os ingleses John Grimwade e Nigel Holmes, e o espanhol Jaime Serra, indicado como o infografista mais influente do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.