Desinformados, poucos fiéis acompanharam desfile do papa

O papa Francisco já chegou ao Palácio São Joaquim, na zona sul do Rio, para o encontro com menores infratores. O evento foi um pedido do pontífice e não haverá transmissão. Francisco chegou de papamóvel, mas, desinformados, poucos fiéis acompanharam o trajeto. Ao meio-dia está prevista a oração do Ângelus na sacada do palácio.

ANTONIO PITA, Agência Estado

26 de julho de 2013 | 11h17

Mais cedo, o pontífice ouviu a confissão de cinco jovens na a Quinta da Boa Vista e seguiu de carro fechado até o Teatro Municipal, no Centro, onde embarcou no papamóvel. Como o trajeto foi incluído na agenda de última hora, muitos peregrinos disseram que não sabiam que o pontífice passaria em carro aberto até o Palácio São Joaquim, residência oficial do arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta.

Na passagem pela rua Augusto Severo, o papa Francisco recebeu camisas e bandeiras de presente e retribuiu com muitos beijos e acenos. Durante o trajeto, o pontífice chegou a descer do papamóvel para abençoar fiéis.

No caminho, o perfil do papa Francisco no Twitter registrou a seguinte mensagem: "Cada Sexta-feira nos permite lembrar quanto Jesus sofreu por nós. Fazei, Senhor, que não nos esqueçamos jamais de quanto nos amais."

Mais conteúdo sobre:
JMJpapamenores infratores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.