Deslizamento adia liberação de rodovia que liga PR a SC

BR-376 não foi liberada na 4ª por conta de obras de contenção de barreiras; não há previsão para desbloqueio

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

04 Dezembro 2008 | 16h52

Um novo deslizamento de terra, ocorrido na tarde desta quinta-feira, 4, adiou a liberação da BR-376, principal ligação entre os Estados do Paraná e de Santa Catarina, prevista para esta sexta-feira. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o incidente aconteceu por volta das 14h45, durante os trabalhos de contenção de parte do morro que já havia desabado na altura do quilômetro 663, em Tijucas do Sul, no Paraná, na última terça-feira, 2.  Veja também:Saiba como ajudar as vítimas das chuvas Resultados sobre leptospirose saem em 20 diasSC pede que Estados voltem a mandar doaçõesMais de 30 mil voltam para casa em SCSolo pode demorar 6 meses para estabilizarIML divulga lista de vítimas identificadas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina Blog: envie seu relato sobre as chuvas Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas    Ainda segundo a PRF, com o novo deslizamento, não há mais previsão para liberação da pista, que já estava desobstruída, mas não havia sido liberada por medidas de segurança, já que havia risco de novas quedas de barreira. Com o novo cenário, a rodovia, que deveria ter o tráfego normalizado ainda esta semana, dificilmente será liberada antes da próxima segunda-feira, 8.  Os motoristas que seguem em direção à Santa Catarina devem continuar utilizando o desvio de 7 quilômetros, em uma faixa da pista contrária. Na entrada do desvio, a PRF tem registrado em média oito quilômetros de filas nos horários de maior movimento. No momento do novo deslizamento, funcionários e máquinas da Autopista Litoral Sul trabalhavam na área, mas não houve feridos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.