Desnutrição e falta de vacina ameaçam crianças na Índia

O primeiro-ministro da Índia pediu que lideranças políticas locais alimentem as crianças subnutridas e imunizem cerca 110 milhões de menores que ainda não foram vacinados contra doenças comuns, informa uma nota oficial divulgada nesta terça-feira. A taxa indiana de "subnutrição entre crianças com menos de seis anos continua a ser uma das mais altas do mundo", afirma o premier Manmohan Singh, em carta enviada aos governantes de 28 Estados do país.Além disso, cerca de dois terços das crianças de seis anos ou menos - ou cerca de 110 milhões, de um total de 160 milhões - ainda não foram imunizadas, afirma Singh. "Esses são números assustadores e a situação requer ação urgente", diz a carta.Em meio a um boom econômico e a um forte crescimento industrial, mais de 40% da população indiana, de 1,12 bilhão, continua a viver com menos de US$ 1 ao dia.

Agencia Estado,

16 de janeiro de 2007 | 16h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.