Desocupação da reitoria da USP está em andamento

Funcionários concordaram em deixar a reitoria, acompanhando os estudantes

Agencia Estado

25 de junho de 2007 | 15h57

Muitos dos estudantes e funcionários que mantinham a reitoria da Universidade de São Paulo (USP) ocupada há mais de 50 dias continuavam no local após as 17h10, dez minutos depois do prazo final acertado com a reitora Suely Vilela para a desocupação do prédio. Esses participantes da ocupação pretendem fazer uma saída em bloco, que deve ocorrer em breve. Grupos de ocupantes já vinham deixando o local.A assembléia de funcionários realizada na tarde desta sexta-feira e que ainda precisava ratificar a decisão tomada pelos estudantes na noite de quinta-feira, 21, pelo fim do movimento, também aprovou a desocupação da reitoria.Alunos e funcionários aceitaram os termos de uma carta elaborada por um grupo de cinco professores influentes da instituição, que se ofereceu para mediar informalmente as negociações entre estudantes e a reitora Suely Vilela.Atualizada às 17h16, com novas informações

Tudo o que sabemos sobre:
uspocupaçãoreitoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.