Detidos dois suspeitos de incendiar ônibus em Tatuí

Dois adolescentes foram detidos nesta segunda-feira, 24, suspeitos de participar de ataques a ônibus, no último dia 20, na cidade paulista de Tatuí, localizada na região de Sorocaba. Os garotos, de 13 e 14 anos, foram abordados depois de uma denúncia e confessaram a participação num dos ataques. Três ônibus foram invadidos pelos manifestantes e dois foram incendiados. A ação teria sido uma retaliação contra a morte de um adolescente em confronto com a Polícia Militar, no Jardim Gonzaga.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

24 de fevereiro de 2014 | 19h36

Os menores foram detidos no mesmo bairro em que o primeiro ônibus foi incendiado. No total, já são seis os suspeitos detidos por participação nas ações criminosas em Tatuí, entre eles dois maiores de idade. Um deles é irmão do jovem morto no tiroteio com a polícia - ele foi abordado por suspeita de tentar um roubo e teria reagido a tiros. O rapaz confessou ter usado gasolina para incendiar um dos ônibus. Os menores aguardam internação na Fundação Casa.D

Tudo o que sabemos sobre:
ônibusTatuíprisãosuspeitos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.