Dez capitais já têm 2o turno definido

Dez capitais já definiram os candidatos que se enfrentarão no segundo turno das eleições municipais, incluindo São Paulo, que teve uma acirrada disputa entre três candidatos, e Curitiba, que contrariou pesquisa boca de urna sobre os nomes que participarão da rodada adicional.

Reuters

07 de outubro de 2012 | 20h30

Na capital paranaense, com 100 por cento das seções apuradas, Ratinho Junior (PSC) garantiu lugar no segundo turno, com 34,09 por cento dos votos válidos, e disputará o cargo com o candidato Gustavo Fruet (PDT), que obteve 27,22 por cento dos votos válidos.

A briga por um lugar na rodada adicional foi acirrada entre Fruet e o atual prefeito Luciano Ducci (PSB), que obteve 26,77 por cento dos votos válidos.

O resultado contrariou pesquisa boca de urna do Ibope divulgada no domingo, que apontava um segundo turno entre Ratinho Junior e Fruet.

Em São Paulo, onde a disputa permaneceu indefinida até a véspera da eleição, com três candidatos empatados, José Serra (PSDB) enfrentará o petista Fernando Haddad (PT), deixando de fora Celso Russomanno (PRB), que liderou as pesquisas durante boa parte da disputa.

Florianópolis será a outra capital da Região Sul a retornar às urnas, em três semanas. Com 100 por cento das seções apuradas, o segundo turno ficou definido entre Cesar Souza Júnior (PSD), que obteve 31,68 por cento dos votos válidos, e Gean Loureiro (PMDB), com 27,37 por cento.

Vitória foi a primeira capital a definir oficialmente a segunda rodada de votações, que será disputada entre os candidatos Luciano Rezende (PPS) e Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB).

Com 100 por cento das seções apuradas, Rezende foi a 39,14 por cento dos votos válidos e Luiz Paulo ficou com 36,69 por cento.

NORTE E NORDESTE

Algumas capitais das regiões Norte e Nordeste também já definiram as disputas no segundo turno.

Em Belém, com 99,96 por cento das seções apuradas, terá segundo turno entre Edmilson Rodrigues (PSOL), com 32,59 por cento dos votos válidos, e Zenaldo Coutinho (PSDB), com 30,65 por cento dos votos válidos.

O novo confronto em Macapá (AP) será entre Roberto Góes (PDT), com 40,16 por cento dos votos válidos, e Clécio Vieira(PSOL), com 27,88 por cento dos votos, com 98,41 por cento das seções apuradas.

Na região Nordeste, Salvador terá um segundo turno entre ACM Neto (DEM) e Pelegrino (PT).

São Luís definiu que, com 99,95 por cento das seções apuradas, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), com 36,44 por cento dos votos válidos, enfrentará João Castelo (PSDB), com 30,59 por cento dos votos.

Já Teresina, com 98,83 por cento das seções apuradas, terá um novo embate entre Firmino Filho (PSDB), com 38,76 por cento dos votos válidos, e Elmano Férrer (PTB), com 33,2 por cento dos votos.

O segundo turno é possível apenas em cidades com mais de 200 mil eleitores, e será realizado em 28 de outubro.

(Por Hugo Bachega, em Brasília)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICAELEIESSEGUNDOTURNO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.