Dezesseis estrangeiros são libertados na Argélia, diz fonte

Dezesseis reféns estrangeiros que estavam sob poder de combatentes islâmicos que atacaram uma planta de gás na Argélia foram libertados neste sábado, disse uma fonte próxima à crise.

Reuters

19 de janeiro de 2013 | 12h03

Entre os libertados estavam dois norte-americanos, dois alemães e um português, disse a fonte à Reuters. A nacionalidade dos demais não ficou imediatamente clara.

(Por Lamine Chikhi)

Mais conteúdo sobre:
ARGELIAREFENS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.